« All theme by Igor Neves | Don't copy »
Não sei explicar, mas dói.

O primeiro coração partido a gente nunca esquece.


Esmorecidas  (via expurgar)

Meu pai não bebia, não fumava e morreu cedo. Não roubava e morreu pobre. Tirava o que tinha para dar para os outros e teve poucas pessoas para carregar seu caixão. Depois que ele morreu, nenhum parente perguntou se seu filho precisava ou não de algo. Ou seja, em vida meu pai me ensinou a ser a melhor pessoa que eu conseguir. Em morte, me ensinou a não esperar nada em troca por isso.


Danilo Gentili. (via orquestre)

Acontece que quando você ama uma pessoa verdadeiramente ela se torna única. E nada, e nem ninguém é capaz de ocupar o lugar dela. Funciona assim: Só se ama verdadeiramente uma vez e, é para sempre.


Otimizei. (via otimizei)

Você tem medo de se apaixonar. Medo de sofrer o que não está acostumada. De alterar o trajeto para apressar encontros. Medo de ouvir o nome dele em qualquer conversa. Você tem medo de se apaixonar. Medo de se roubar para dar a ele, de ser roubada e pedir de volta. Medo de que ele seja um canalha, medo de que seja um poeta, medo de que seja amoroso, medo de que seja um pilantra. Você tem medo de oferecer o lado mais fraco do corpo. O corpo mais lado da fraqueza. Você tem medo de se apaixonar por si mesma logo agora que tinha desistido de sua vida. Medo de largar o tédio, afinal você e o tédio enfim se entendiam. Medo de ser destruída, aniquilada, devastada e não reclamar da beleza das ruínas. Medo de não ser interessante o suficiente para prender sua atenção. Medo de que ele não precise de você. Medo de que não queira reparti-lo com mais ninguém. Medo do cheiro dos travesseiros. Medo do cheiro das roupas. Medo do cheiro nos cabelos. Medo de convidá-lo a entrar, medo de deixá-lo ir.


Fabrício Carpinejar.   (via autografia)

Uns tem histórias, outros tem planos, uns tem sonhos, e de tudo que eu poderia ter ou ser, resolvi me preencher de saudades e ser um baú de lembranças. Descobri que o problema não estava na vida, na situação ou em alguém, estava em mim, e a solução? Perdida por aí.


Fred Medeiros (via publicadora)

A gente sofre, supera, acha que aprendeu e faz tudo de novo.


Chorão.     (via pensamentos-antigos)

Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos.


Vinicius de Moraes (via sorriso-so-risos)

Ainda não aprendi a esquecer, deletar, excluir as pessoas da minha vida… Elas simplesmente se vão, e de brinde deixam a saudade.


Thiara Macedo 
(via o-teimoso)